Tem como pagar menos ou até mesmo nada nos ônibus da Região Metropolitana de São Paulo.

Uns pegam 50% da passagem outros são isentos dela. (Foto: Divulgação)

Uns pegam 50% da passagem outros são isentos dela (Foto: Divulgação).

O Bom SP traz vantagens aos que são estudantes e se enquadram no grupo dos que possuem algum necessidade especial. Os primeiros têm o direito de obtê-lo e ainda pagar a metade do valor real da passagem, os outros ficam isentos dessa taxa cobrada para andar no transporte público.

Com o cartão à disposição o usuário dos ônibus, conhecidos como intermunicipais, podem circular facilmente somente encostando o BOM na máquina amarela e preta, situado próxima a catraca e esperar a liberação do cobrador.

Bom Escolar – Como Pedir

  • É necessário se dirigir até a secretária da escola ou universidade e pedir que seu nome e RG sejam cadastrados no sistema de Passe Escolar;
  • Depois disso, sendo liberado através do sistema, é possível preencher o formulário de requisição no site: www.emtu.sp.gov.br;
  • Isso feito, imprima o boleto com a taxa para aquisição no valor de R$ 14,70 e pague em qualquer banco;
  • Alguns documentos serão solicitados, junte-os e com o comprovante de pagamento entregue na Instituição de Ensino que estuda ou trabalho;
  • O cartão poderá se retirado no mesmo local da entrega de solicitação, ou seja, na Unidade Escolar.

Observação: Além dos alunos regularmente matriculados, também possuem direito a esse benefício os professores em pleno exercício.

Bom Especial – Como Pedir o Seu

  • O solicitante deve estar munido de uma laudo médico que comprove sua necessidade especial;
  • Na sequência, deverá agendar dia e horário para atendimento conforme as seguintes opções:
  1. Telefones: 5021-3838, 5021-4224 ou 5021-4343, de 2a. a 6a feira, das 8 às 17h
  2. Ouvidoria: 0800 724 05 55, de 2a. a 6a feira, das 7 às 19h
  3. Por intermédio da Assistente Social da Unidade de Saúde emissora do laudo médico;
  • No dia agendado leve essa relação de documentos. Lembre-se, não pode faltar nenhum deles:

– Laudo médico do posto credenciado (laudo com o selo de segurança)
– Exames com laudo médico (RX, Tomografia ou Ressonância que comprovem a patologia do CID apresentado no laudo)
– Relatório Médico recente com CID
– Carteirinha da EMTU/SP antiga (em caso de renovação)
– Declaração de Extravio (em caso de perda/extravio) ou Boletim de Ocorrência (em caso de roubo/furto)
– RG (documento de Identidade Oficial) original e em bom estado
– RG original e em bom estado do(s) acompanhante(s) MAIORES DE 16 ANOS (se o CID permitir acompanhante). Para quem necessita de acompanhante, é OBRIGATÓRIA a presença de um dos acompanhantes com RG original. O acompanhante reserva deverá enviar RG original e em bom estado
– Certidão de Casamento (para mães que utilizam RG com nome de solteira) com Averbação (se separada)
– Comprovante de residência (original e recente)
– Carteira Profissional (para maiores de 16 anos) – todas as carteiras que possuir
– Carta de concessão de aposentadoria, LOAS ou outro benefício
– Último carnê do INSS – se tiver (para contribuintes individuais)
– INSS – CNIS / Vínculos Empregatícios (se a CTPS estiver sem registros ou último registro anterior a 6 meses)
– Guia de afastamento e holerite recente (em caso de funcionário público estatutário)
– Agendamento da nova perícia ou comprovante da última perícia no INSS com período de concessão do benefício
– Termo Judicial de Guarda ou Tutela RECENTE (para menores de 18 anos que não residam com os pais)
– Menores de 18 anos deverão comparecer com documentos originais acompanhados de responsável legal (pai, mãe ou tutor);

  • Se tudo estiver correto, o cartão BOM fica pronto no mesmo dia.

Quem pode tê-lo: pessoas com deficiência, incapazes de exercer suas funções no trabalho e os menores de 16 anos que sejam deficientes.

PéssimoRuimRazoávelBomÓtimo (1 Votos, média: 5,00 fora de 5)
Loading...

Veja Mais Notícias

 
 
 
 
Noteaqui.com © 2010-2017. Todos os direitos reservados