O cinegrafista da Band, Santiago Ilídio Andrade, foi atingido na cabeça por um explosivo quando registrava um protesto, na última quinta-feira (6) no Rio de Janeiro.

SANTIAGO ILÍDIO ANDRADE CINEGRAFISTA BAND ATINGIDO POR EXPLOSIVO MORREU

Foto Divulgação: (Cinegrafista da Band Morre nesta segunda-feira (10) por morte encefálica/Santiago Ilídio Andrade).

Notícias como esta realmente não são boas, porém, temos que enxergar a realidade no Brasil, que à cada dia mais, tem se tornado uma tormenta para as pessoa. Muitos devem estar cientes de um fato que ocorreu entre a semana passada pra cá, estamos falando de um cinegrafista da “TV Bandeirantes” chamado Santiago Ilídio Andrade, 49, que foi ferido em uma explosão de rojão que o atingiu bruscamente durante uma manifestação no Rio de Janeiro.

Violência e Morte

Pois bem, o cinegrafista da Band ficou bastante ferido, e, não resistindo, morreu na manhã desta segunda-feira (10).

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, o profissional teve morte encefálica no Hospital Souza Aguiar, no centro da cidade, ele foi atingido na cabeça quando registrava o protesto, na quinta-feira (6).

Investigações sobre o caso estão sendo feitas, mas pelo que se sabe, duas pessoas são as principais peças do quebra-cabeça, e inclusive, a Polícia Civil do Rio de Janeiro já prendeu no domingo um estudante universitário e tatuador Fábio Raposo, que foi indiciado como coautor da explosão que matou o cinegrafista.

Um dos suspeitos, o Raposo foi localizado na casa dos pais, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, já o outro, ele ainda não foi encontrado. O acusado e preso pelo fato, foi indiciado por homicídio qualificado pelo uso de artefato explosivo e pelo crime de explosão, e se for condenado, poderá receber uma pena de mais de 30 anos de prisão.

SANTIAGO ILÍDIO ANDRADE CINEGRAFISTA BAND ATINGIDO POR EXPLOSIVO MORREU

Foto Divulgação: (Cinegrafista da Band sendo atingido no protesto no Rio).

No mesmo dia em que foi ferido, Andrade passou por uma neurocirurgia para estancar o sangramento e estabilizar a pressão intracraniana, mas além disso, teve o problema de afundamento de crânio e então, ele acabou perdendo uma parte da orelha esquerda.

A esposa da vítima, Arlita Andrade deu uma entrevista para à “TV Globo”, e disse que não consegue perdoar os responsáveis pela morte do seu marido, em suas palavras ela disse o seguinte – “Perdoar? Meu marido está indo embora, eles destruíram uma família. Uma família que era unida, muito unida mesmo”, afirmou. Clique aqui para saber detalhes!

Fonte: noticias.uol.com.br/imirante.globo.com

 

PéssimoRuimRazoávelBomÓtimo (1 Votos, média: 5,00 fora de 5)
Loading...

Veja Mais Notícias

 
 
 
 
Noteaqui.com © 2010-2017. Todos os direitos reservados