Principais informações sobre a Pneumonia Intersticial e saiba sobre os Tratamentos e sintomas que essa doença causa nas pessoas atingidas.

Pneumonia Intersticial Tratamento (Foto:Divulgação)

Pneumonia Intersticial Tratamento (Foto: Divulgação).

Vejam as melhores dicas e informações sobre a pneumonia intersticial e saiba sobre os tratamentos e sintomas que essa doença causa nas pessoas atingidas.

A Doença

A pneumonia é considerada uma doença baste de risco por ser uma inflamação do nosso tecido pulmonar com origem infeccioso, sendo assim é responsável por milhares de mortes entre crianças, idosos e até pessoas com defesas dos organismos reduzidas.

Na pneumonia intersticial, os sinais de que a doença está já em fase de evolução é muito lenta. No período mais avançado da enfermidade, é comum surgir tosse seca junto com uma dor no tórax e bastante dificuldade de respirar.

Tratamento e Sintomas 

Para ter um bom tratamento a pessoa tem que mostrar um bom estado geral de saúde, assim o prognostica é favorável, e nos casos menos complicados a recuperação pode ser entre duas ou três semanas.

Alguns casos que o paciente não apresentar um sistema defensivo forte pode surgir algumas outras complicações durante o tratamento como a meningite, a endocardite, a artrite e a septicemia (infecção do sangue).

O tratamento básico é feito através de medicamentos para destruir a causa da doença, como antibióticos, no caso de ser bactéria. Se for algo, além disso, são necessárias algumas outras medidas para ajudar aliviar as dores e sintomas e prevenir de várias complicações.

Medidas para Favorecer a Recuperação

• Manter-se em repouso no leito até a total recuperação.

• Administração de expectorantes e inalação de vapores.

• Massagens em forma de golpes suaves, realizados com as mãos sobre as costas do paciente.

• Deitar-se sobre o lado saudável, de modo a melhorar a ventilação do pulmão afetado.

• Respeitar rigorosamente o tratamento antibiótico indicado pelo médico.

Prevenção

• Boa higiene oral, sobretudo indivíduos afetados por processos infecciosos na boca e na faringe.

• Evitar o tabaco e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

• Em caso de pneumonia viral ou produzida por microrganismos patogênicos, é importante isolar o paciente, de modo a evitar contágios.

• Os adultos devem vacinar-se todos os anos contra a gripe e, eventualmente, contra o pneumococo.

• Efetuar o controlo periódico de depósitos e canalizações de água dos edifícios, onde se concentram microrganismos da doença do legionário.

PéssimoRuimRazoávelBomÓtimo (1 Votos, média: 5,00 fora de 5)
Loading...

Veja Mais Notícias

 
 
 
 
Noteaqui.com © 2010-2017. Todos os direitos reservados