Para algumas pessoas, uma separação traz mais sofrimento para as mulheres do que para os homens, dizem que, quando eles pedem para se separar, é porque já têm outra pessoa na história, mas será mesmo que isso?

LISTA MOSTRA QUAIS OS PRINCIPAIS MOTIVOS DE UMA SEPARAÇÃO CONJUGAL

Foto Divulgação: (Principais Motivos da Separação Conjugal).

Sabemos todo que, o fim de um relacionamento amoroso é algo que sempre faz as pessoas sofrerem, ou seja, se você não sabe, a separação conjugal é algo que pode causar mais transtornos emocionais do que a morte de um parente ou de um amigo, isso mesmo, de acordo com pesquisas, este assunto é algo muito sério, por isso, hoje, o “NoteAqui” fez uma lista que mostra os principais motivos entre os quais levam as pessoas se separarem.

Respeito é Tudo!

Todo respeito é pouco para quem é casado, ou seja, um cônjuge deve respeitar o outro de uma forma recíproca, e isso é falado desde a Bíblia Sagrada, depois, leva-se aos padres e pastores para que eles nos ensinem ao menos o mínimo na hora da cerimônia de casamento, enfim, para que possamos ter um casamento duradouro e sem que haja separação, procure não dar motivos ao seu companheiro(a).

É ruim aceitar o fim de uma relação, a separação conjugal é difícil mesmo, pois no momento em que se começa a entender que o relacionamento acabou, o desespero sempre vem à tona, mas a dica que lhes passamos é a seguinte, até alcançar esse estágio, a pessoa precisa tirar coisas boas da experiência vivida junto ao ex romance.

– Pra finalizar, se você, homem ou mulher, não quer que haja divórcio em seu relacionamento, procure dar o máximo de si, e veja na lista abaixo, quais os principais motivos que levam um casal a se separar

Lista de Coisas que Ocasionam uma Separação Conjugal

  1. Não ligar para os assuntos que estão deixando o cônjuge chateado;
  2. Não se mostrar contente com a família alheia (pai do esposo ou esposa);
  3. Irresponsabilidade na divisão das contas e das tarefas de casa;
  4. Falta de preparação prévia;
  5. Irresponsabilidade na aceitação (SIM);
  6. Falta de companheirismo através das atitudes diárias;
  7. Ausência de Igreja (de acordo com o credo de cada um );
  8. Omissão à Eucaristia ou Ceia;
  9. Falta de diálogo, monopólio dos direitos, falta da imposição de vontade;
  10. Determinar sem nunca pedir;
  11. Desrespeito à religião do cônjuge;
  12. Orgulho (inflexibilidade);
  13. Infidelidade;
  14. Desequilíbrio financeiro;
  15. Vícios (embriaguez, drogas, jogos, noitadas…);
  16. Desonestidade e mentiras constantes;
  17. Prática de crimes e violência;
  18. Desrespeito recíproco (agressões verbais ou físicas), etc.

Fonte: www.infosbc.org.br

PéssimoRuimRazoávelBomÓtimo (1 Votos, média: 5,00 fora de 5)
Loading...

Veja Mais Notícias

 
 
 
 
Noteaqui.com © 2010-2017. Todos os direitos reservados